sábado, 6 de Setembro de 2014

FC Alverca comemora aniversário

O Futebol Clube de Alverca prossegue as suas comemorações do 75 aniversário. Na semana passada o clube levou a cabo um jantar comemorativo e este sábado entregou galardões aos sócios com mais de 25 e 50 anos de actividade.
Ao Voz Ribatejana o presidente do clube falou do actual momento do clube e apelou à massa associativa que ajudasse na construção do actual projecto. Fernando Paulo, vice-presidente da Câmara de Vila Franca, destacou a história do clube, que na sua opinião tem andado de mãos dadas com a história da própria cidade de Alverca.
Mais informação desenvolvida, na próxima edição
do Voz Ribatejana

Miguel António Rodrigues
mrodrigues.vr@gmail.com

segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

Vila Franca presta homenagem a José Falcão no dia dos 40 anos da sua morte



De uma forma simples mas sentida, Vila Franca de Xira prestou hoje homenagem ao malogrado José Falcão na passagem dos 40 anos sobre a sua morte. Perto de uma centena de amigos, familiares e admiradores, incluindo representantes de várias tertúlias, participaram na cerimónia realizada no dia em que passam exactamente 40 anos sobre a colhida sofrida na praça de Barcelona que vitimou o toureiro vila-franquense O exemplo e a personalidade de José Falcão foram especialmente realçados durante a cerimónia, que teve início com uma sessão realizada no Celeiro da Patriarcal, onde está patente até Outubro uma exposição alusiva à carreira do toureiro. Depois da evocação do homem e do toureiro numa intervenção de um dos seus maiores amigos, Nuno Brancaamp, seguiu-se uma romagem ao Cemitério de Vila Franca. Familiares de José Falcão (entre eles o irmão Osvaldo), amigos e admiradores acompanharam mais esta homenagem a uma das maiores figuras do toureio vila-franquense. Várias tertúlias estiveram representadas oficialmente transportando placas alusivas e depondo coroas de flores no mausoléu do toureiro natural de Povos.

Saiba mais na edição de 20 de Agosto do Voz Ribatejana

quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Granada de morteiro encontrada junto à Ponte de Vila Franca



Um indívíduo que se dedicava à pesca próximo da Ponte Marechal Carmona, na zona do Cabo da Lezíria, acabou por "pescar" um saco que continha uma granada de morteiro. Aconteceu cerca das 19h00 da passada terça-feira e o pescador desportivo alertou, de imediato, a Polícia de Segurança Pública.
A PSP montou um perímetro de segurança no local e solicitou a presença de uma equipa especializada do Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo. Esta equipa constatou que se tratava de uma granada de morteiro de 120 mm e tratou da remoção do engenho explosivo de uso militar para posterior destruição. É que, de acordo com um comunicado da Divisão Policial de Vila Franca de Xira, a granada de morteiro encontrava-se activa "podendo explodir a qualquer momento".
APS vai, agora, desenvolver investigações para tentar apurar as razões do aparecimento deste saco com o engenho explosivo. O que se sabe é que o pescador apercebeu-se que algo tinha ficado preso na cana de pesca e acabou por retirar da água o saco que continha a granada.

Saiba mais na edição de 20 de Agosto do Voz Ribatejana    

terça-feira, 22 de Julho de 2014

Assalto que acabou em homicídio de idoso dá 11 anos de cadeia



O Tribunal de Vila Franca de Xira condenou, esta tarde, a penas de prisão efectiva, dois dos quatro arguidos do caso do assalto à residência de Cipriano Simãozinho, um reformado de 72 anos que vivia no Lugar das Quintas (freguesia de Castanheira do Ribatejo) e que acabou por morrer na sequência das violentas agressões que lhe foram infligidas em Dezembro de 2011. Rider T., jovem de 21 anos, foi condenado, em cúmulo jurídico, a uma pena de 11 anos de cadeia. Ruben F., de 26 anos, foi condenado apenas pelo crime de roubo agravado a 4 anos de prisão efectiva. Outros dois arguidos foram absolvidos por falta de provas e um quinto suspeito vai ser julgado em separado.
A família da vítima, um reformado da fábrica da Castanheira da Metal Portuguesa que vivia sozinho, não quis prestar declarações no final da leitura do acórdão, mas alguns vizinhos que assistiram à sessão consideraram as penas bastantes brandas, tendo em conta o sofrimento e a morte da vítima. Certo é que o colectivo de juízes presidido por Carla Ventura considerou provados quase todos os factos constantes da acusação, referindo que terá sido o arguido Ruben, que conhecia a casa da vítima, a propor a Rider e a outros indivíduos um assalto a Cipriano Simãozinho, que se veio a concretizar na noite de 15 de Dezembro de 2011. Cerca das 20h30, terão batido no portão da moradia da vítima, atraindo-a à rua. A partir daí, de acordo com os factos dados como provados, Cipriano foi várias vezes espancado a murro e pontapé, o que lhe provocou lesões graves na língua, lábios, mãos e pulmões e a fractura de costelas. Terá sido, igualmente, amarrado e pontapeado na cabeça. Segundo o relatório da autópsia, o idoso morreu vítima de asfixia, sugerindo que poderá ter sido pisado no pescoço. E apresentava mais de 22 equimoses espalhadas por todo o corpo. Os assaltantes levaram um fio em ouro, um anel e 70 euros em dinheiro.

Saiba mais na edição de 30 de Julho do Voz Ribatejana

segunda-feira, 7 de Julho de 2014

Duas colhidas graves e um homem esfaqueado no Colete Encarnado 2014



Duas colhidas graves, ocorridas na largada de toiros de sexta-feira à tarde, e um caso de agressão com arma branca na noite de sábado, foram os registos mais significativos da edição deste ano do Colete Encarnado, que decorreu, de 4 a 6 de Julho, em Vila Franca de Xira. Com uma afluência muito elevada, calculada em mais de 200 mil pessoas, o Colete Encarnado registou 29 casos de emergência, em que os Bombeiros foram chamados a socorrer participantes na Festa. De acordo com a corporação de Vila Franca de Xira foram, sobretudo, casos de quedas e de indivíduos com problemas de excesso de álcool, mas houve também três casos de ferimentos graves. O Voz Ribatejana apurou que a situação de maior gravidade envolveu uma mulher de 47 anos que, cerca das 18h30 de sexta-feira, foi atingida por um toiro, que lhe causou um extenso rasgão numa perna, junto à ligação entre a Rua Serpa Pinto e a Rua da Praia, próximo da estação da CP. A senhora ainda tentou refugiar-se atrás das tronqueiras mas foi surpreendida pela rapidez do toiro e pela exiguidade da passagem existente. Deu entrada no Hospital de Vila Franca onde foi assistida. No mesmo dia, no Largo 5 de Outubro, junto à praça de toiros, foi também colhido um homem que participava na largada e que sofreu uma perfuração de 7 centímetros. Já na noite de sábado para domingo há registo de uma desavença na Rua Almirante Cândido dos Reis, em que um indivíduo foi agredido e ferido com uma faca.

Saiba mais na edição de 16 de Julho do Voz Ribatejana

sábado, 28 de Junho de 2014

Exposição homenageia José Falcão em Vila Franca de Xira

O Celeiro da Patriarcal em Vila Franca de Xira recebe por estes dias uma exposição destinada a homenagear o matador de toiros “José Falcão”.
A mostra que envolveu os familiares, viúva, filha e irmão do matador de toiros vila-franquense, bem como alguns técnicos da autarquia, estará patente até 12 de Outubro.

Esta é aliás uma mostra que retrata a vida de José Falcão entre 1942 e 1974, assinalando igualmente os 40 anos da sua morte, depois de ter sido colhido mortalmente por um toiro a 11 de Agosto de 1974.
Mais na edição impressa na próxima quarta-feira...

sexta-feira, 20 de Junho de 2014

Jovem de 19 anos suspeito de assaltar espaço de culto de igreja evangélica



Um jovem de 19 anos foi, ontem, identificado pela PSP, por suspeita de ter sido o autor de um assalto a um espaço de culto de uma igreja evangélica, situado em Alverca. O furto deu-se cerca das 4h00 da madrugada de quinta-feira e, após denúncia da ocorrência, os agentes policiais "conseguiram localizar e identificar o presumível autor do ilícito", refere um comunicado da Divisão Policial de Vila Franca de Xira. Os objectos furtados, que incluíam "aparelhos electrónicos e musicais", foram recuperados e entregues aos respectivos proprietários. De acordo com a PSP estavam valiados em cerca de 2350 euros. O suspeito foi constituído arguido e vai aguardar a conclusão do inquérito sujeito a termo de identidade e residência.

Saiba mais na edição de 2 de Julho do Voz Ribatejana

domingo, 8 de Junho de 2014

Basquetebol do Vilafranquense conquista título regional de sub-12



A equipa de basquetebol da União Desportiva Vilafranquense (UDV) no escalão sub-12 conquistou, este sábado, o título de campeã regional de Lisboa. Os jovens de Vila Franca de Xira bateram, na final, o Algés, por 62-54, culminando uma época francamente positiva. Trata-se do terceiro título regional conquistado pela UDV nos últimos seis anos, depois da vitória no regional de sub-14 em 2008 e da conquista da Taça Vale do Tejo em sub-16 na temporada 2011. Para atingir a final de sábado, disputada no Pavilhão da Ajuda, o Vilafranquense venceu, na semana passada, o Odisseia, equipa de Lisboa até então invicta e que se classificou na terceira posição, numa prova em que participaram também clubes como Benfica, Sporting e Queluz.


Saiba mais na edição de 18 de Junho do Voz Ribatejana

terça-feira, 27 de Maio de 2014

Detido em flagrante a assaltar estação de lavagem de viaturas



Um homem de 42 anos foi, esta madrugada, detido em flagrante pela PSP, por suspeita da prática de um crime de furto qualificado numa estação de lavagem de viaturas da Póvoa de Santa Iria. A polícia teve conhecimento, cerca das 4h15, de que o estabalecimento estaria a ser assaltado e encaminhou vários meios para o local. A tripulação da primeira viatura a chegar ao local encontrou as portas arrombadas e detectou um indivíduo suspeito a escassos metros. Foi imediatamente detido e na sua posse tinha artigos furtados na estação de lavagem de viaturas. Os objectos em causa foram recuperados e devolvidos ao proprietário e foram apreendidos outros artigos que o detido tinha na sua posse e que a PSP julga serem provenientes de outros actos delituosos. O indivíduo foi ainda hoje conduzido a tribunal para primeiro interrogatório.

Saiba mais na edição de 4 de Junho do Voz Ribatejana

segunda-feira, 26 de Maio de 2014

Vilafranquense festeja conquista da Divisão de Honra de Lisboa




A equipa principal da União Desportiva Vilafranquense (UDV) festejou, ontem, a conquista do título de campeã da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Lisboa (AFL). Há 17 anos que os seniores da UDV não ganhavam um campeonato e o resultado obtido neste primeiro ano de funcionamento da União Desportiva Vilafranquense Futebol SAD foi celebrado por centenas de adeptos que encheram a bancada do Campo do Cevadeiro e a zona envolvente. Já com a conquista do título garantida, a UDV recebeu o vizinho Vialonga, numa partida que terminou com um empate a um golo. Os homens de Vila Franca revelaram-se algo nervosos e não conseguiram materializar a superioridade técnica que manifestaram em largos períodos de jogo. Marcou primeiro o Vilafranquense, por intermédio de Brett (23 minutos), mas o Vialonga, já condenado à descida e com uma equipa bastante jovem, conseguiu empatar aos 35 minutos, por intermédio de Ricardo Silva. O arranque da segunda parte trouxe um Vilafranquense empenhado em ganhar o jogo, mas a ansiedade era tanta que a equipa de Vila Franca de Xira somou oportunidades de golo perdidas. O Vialonga foi reagindo e, na parte final do jogo, dispôs até de vários livres perigosos que lhe poderiam ter dado a vitória. O empate a 1 golo acaba por se revelar, de certa forma, justo. Seguiu-se a festa da conquista do campeonato e a certeza de que, na próxima época, o Vilafranquense vai estar na Divisão Pró-Nacional juntamente com Povoense, Alverca e Carregado. A equipa técnica liderada por Filipe Coelho vai manter-se à frente dos seniores do Vilafranquense Futebol SAD e grande parte do plantel campeão também vai continuar.


Saiba mais na edição de 4 de Junho do Voz Ribatejana